Justin Bieber é criticado por mensagem deixada no livro de visitas do museu da Anne Frank

Justin Bieber visitou o museu da
Anne Frank em Amsterdam, na
sexta (12/4), e assinou o livro de
visitas do local, com uma
mensagem considerada insensível
pelos outros frequentadores. O
cantor escreveu que, caso não
houvesse sido assassinada pelos
nazistas no campo de
concentração, a menina poderia ter sido uma belieber.
image

Foi o suficiente para que a página
do museu no Facebook fosse
tomada por críticas ao canadense.
A polêmica foi tanta que uma das
mensagens deixadas recebeu mais de mil curtidas no fim de semana.
Procurada para comentar o caso, a assessoria do Bieber não se
pronunciou.

Já a assessoria do museu confirmou a visita do cantor, que contou com um guia para lhe explicar detalhes da história da Anne Frank, e o defendeu, dizendo que não identificou nada ofensivo em sua mensagem.

Anne Frank ficou famosa com a
publicação póstuma do seu diário,
um verdadeiro best-seller mundial, que narra o período em que ela e sua família judia viviam escondidos dos nazistas no “anexo secreto”, em um edifício comercial de Amsterdã.
Ela morreu aos 15 anos, vítima do
holocausto.

Via: popline

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s